Revista Brasileira de Política Internacional

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image

Sobre a Revista Brasileira de Política Internacional

Decana das revistas brasileiras de relações internacionais, a Revista Brasileira de Política Internacional - RBPI foi fundada no Rio de Janeiro em 1958, na era das iniciativas diplomáticas do Governo Juscelino Kubitschek, como a Operação Panamericana e a integração latino-americana.

A Revista assistiu e participou intelectualmente do lançamento da denominada Política Externa Independente, assumindo desde logo um papel de relevo na cultura política e acadêmica do Brasil.

Transferida para Brasília em 1993, a RBPI continua a desempenhar o papel de instrumento privilegiado para o estudo de temas de diplomacia brasileira e de relações internacionais, constituindo uma memória escrita sobre a política externa brasileira e uma fonte de referência fundamental para toda e qualquer pesquisa sobre as relações internacionais contemporâneas e sobre a inserção internacional do Brasil nas últimas cinco décadas.

A RBPI é um veículo de periodicidade semestral, dedicado ao debate sobre relações internacionais contemporâneas, em múltiplas perspectivas. A revista é considerada uma das principais publicações especializadas em Relações Internacionais da América Latina e uma das mais influentes do Sul Global. A revista é veiculada exclusivamente on line na Coleção Scielo Brasil, adotando o modelo de publicação continuada.

Editada desde sempre pelo IBRI, a Revista Brasileira de Política Internacional não traduz o pensamento de qualquer entidade governamental nem se filia a organizações ou movimentos partidários.

A RBPI é publicada na Coleção Scielo Brasil com o apoio do Programa Editorial concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq, pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES e pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - FAP-DF.

About the Revista Brasileira de Política Internacional

The most traditional scientific journal of international relations in Brazil, Revista Brasileira de Política Internacional - RBPI was founded in Rio de Janeiro in 1958, in the era of diplomatic initiatives of the Government Juscelino Kubitschek, as the Pan American Operation and the Latin American integration.

The Journal watched and participated intellectually launch the so-called Independent Foreign Policy, assuming immediately a major role in political and academic culture of Brazil.

Transferred to Brasília in 1993, RBPI continues to play the role of a privileged instrument for the study of Brazilian Foreign Policy issues and international relations, constituting an written memory about Brazilian Foreign Policy in the last five decades.

RBPI is a biannual vehicle dedicated to the debate on contemporary international relations in multiple perspectives. The journal is considered one of the leading publications in International Relations in Latin America and one of the most influentional in the Global South. The Journal is published exclusively online in the collection Scielo Brazil, adopting the continuous publication model.

Always edited by the IBRI, RBPI does not reflect the thought of any governmental entity nor is affiliated to political organizations or partisan movements

RBPI is published at Scielo Brazil with the support of the Editorial Program granted by the National Council for Scientific and Technological Development (CNPq) the Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel (CAPES) and by the Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - FAP-DF.